sábado, 6 de março de 2010

Pelejar na blogosfera


Pelejar é batalhar, é combater, é lutar. Moisés disse que Deus pelejaria por nós. E Camões mandou a gente mesmo pelejar quando ensinou que não se aprende na fantasia, sonhando, imaginando ou estudando. Mas vendo, tratando e pelejando. Pelejam uns com espadas, pelejam outros com versos e cantorias. Porque pelejar é também sustentar certas doutrinas verbalmente ou por escrito, ensina o Aurélio. É discutir. Passo, a partir deste 6 de março de 2010, a pelejar com ideias neste blog que trará textos, dicas e informações escritos aqui de Paris. O negócio, então, é esse: pelejar. Peleje daí, que eu pelejo de cá.

8 comentários:

Renato disse...

Bem vindo à blogsfera, amigo. Ela precisa de vida inteligente.

Laura disse...

Quero dizer que não só estou "pelejando" como já estou acompanhando essa peleja aqui. Nunca foi tão divertido pelejar... Beijos

Anônimo disse...

Pelejemos! Beijo e queremos um "causo" por dia. Bella

Carol Nogueira disse...

Renato tem razão, vamos todos sair ganhando com sua chegada. Vida longa à sua nova peleja, como se ainda faltasse disso na nossa vida. ;) Te amo.

Anônimo disse...

Sabe que, sem saber, você assumiu uma missão que a Carol também nem sabem que tem: me fazer companhia nos momentos de tédio da peleja! É sério: quando dá aquele choque, no meio da tarde, não aguentando mais pensar em pelejas jurídicas, lá vou eu, fugindo para a blogosfera, buscando novos ares do mundo daí!
Beijo e muito boa sorte!
Alécia

Anônimo disse...

Meu irmão. Que alegria vê-lo por aqui. Fico orgulhoso de ser seu amigo-irmão e agora ter um espaço seu, para podermos acompanhar suas opiniões diariamente. Vamos nessa, estou ligado diariamente ! Um cheiro no coração !
Papoula.

Alberto Lima disse...

Queridos, obrigado pelo carinho. Seguimos juntos.

monica disse...

Eita que esse espaço aqui promete mais que a famosa e deliciosa peleja da Cobra (de Antúlio Madureira) contra o Dragão (do Eu Acho é Pouco) pelas ruas do Recife em dias de carnaval!

Beijos Berto!

Monica Crisostomo