quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Barato auditivo


Nem fumar, nem cheirar, nem beber. A onda agora é consumir droga pelos ouvidos. O negócio começou nos Estados Unidos e, aqui na França, chegou cheio de adeptos.


As e-drugs são umas misturas de frequências sonoras, com duração entre 15 e 30 minutos, que você compra pela Internet pra ficar chapado.

O preço mínimo é de 10 dólares. Mas algumas mais pesadas chegam a custar 200 georgewashingtons.

Elas são legais. Ainda. Trazem embutidos batimentos bineurais, fenômeno neurológico cujos efeitos psicológicos são altamente controversos.

Você baixa a música, apaga as luzes do quarto, deita, fecha os olhos (dica importantíssima) e põe o negócio pra rodar.

Há para todos os gostos, de todos os tipos: maconha, ópio, euforia, orgasmo.

O modelo "Mão de Deus" é apontado como um dos melhores. Custa 199 dólares e, segundo os depoimentos dos usuários, promove uma saída do corpo, com direito a viagem astral.

Sobre o do orgasmo, um utilizador comentou na página onde se compram as e-drugs: "No começo, eu não senti nada. Mas, ao fim de dois minutos, notei que meu soldadinho estava em posição de guarda".

Eu achava que transformar música em drogas era coisa só de dupla sertaneja e grupo de pagode. Mas o admirável mundo novo de Aldous Huxley está em cena para provar o contrário.

Sou da moda antiga. Fico com a cerveja.


4 comentários:

Frederico disse...

Viajei....

Ivaldo Moraes disse...

Cerveja sempre !

Louisse disse...

drogas podem causar boa para a nossa saúde, mas usando demais não é bom ..

Informative URL for Belden Cable

Samarah Madson disse...

as long as it has no side effects on our body them go
Info site for Water Pipe Repair Seattle